14 de julho de 2010

O Apedrejamento de Soraya M. (2008)

Este é daqueles filmes que só o titulo já assusta, The Stoning of Soraya M. em original, é necessário estar preparado psicologicamente porque o titulo não engana ninguém o filme é um "dramalhão". Produzido nos Estados Unidos e realizado por Cyrus Nowrasteh um cidadão americano de descendência iraniana. Filme adaptado do livro com o mesmo nome contou com Shohreh Aghdashloo, James Caviezel e Mozhan Marnò nos principais papeis.

O filme é baseado numa historia verídica, um jornalista franco-iraniano tem um problema com o carro numa zona remota do Irão, aproxima-se à primeira aldeia que encontra para arranjar o carro e aí conhece Zahra que lhe conta a historia da sua sobrinha Soraya, que tinha morrido no dia antes por apedrejamento. Zahra deposita todas as suas esperanças no jornalista para comunicar ao mundo a injustiça a que a sua sobrinha foi submetida.

Ainda há pouco tempo falei de um filme iraniano que também fala nas injustiças do Irão, Ninguém Sabe Nada dos Gato Persas (2009), este fala sobre a juventude urbana que existe em Teerão oprimida pelo governo, enquanto The Stoning of Soraya M. aborda o tema da falta de direitos da mulher nesse país mas sobretudo o modo de vida que se vive no Irão, que parece que estamos na época medieval onde o clero e as autoridades locais governam a seu belo prazer a população, impondo medidas absurdas e arcaicas tudo em nome dos bons costumes. Uma das conclusões que se pode tirar dos últimos filmes Iranianos que vi, é que estamos perante uma população iraniana culta que tenta libertar-se da asfixiante e corrupta autoridade governamental.

Melhores Filmes Biográficos

Dou-lhe um 8/10, embora a primeira hora seja um pouco aborrecida, a segunda agarra por completo o espectador, a cena do apedrejamento é bastante violenta mas muito bem conseguida por parte do realizador, excelente fotografia e adaptação daquilo que imagino que seja uma aldeia perdida no interior do Irão. O filme recebeu vários prémios e foi muito bem recebido tanto por critica como pelo publico.

2 comentários:

  1. Gostaria de saber se tem como assistir este filme pelo celular.

    ResponderEliminar
  2. Esse filme é chocante!!!
    Uma crueldade só!!!

    ResponderEliminar